Projetos

O Brasil possui mais de 820 mil organizações da sociedade civil (OSCs) e boa parte delas realiza projetos sociais decisivos para a melhoria da qualidade de vida de milhões de brasileiros. São projetos financiados por organizações públicas, privadas e da cooperação internacional.

A existência de bons projetos sociais é o que mantém nossa instituição. Eles trazem esperança para as pessoas beneficiadas e mostram que é possível promover importantes avanços, especialmente na redução das desigualdades sociais.

Trabalhar com projetos sociais pode ser uma oportunidade não apenas de emprego, mas também de conhecer outros lugares, culturas, pessoas e, principalmente, valorizar aquilo que há de mais belo no mundo que habitamos: a convivência. Assim você faz a diferença na vida desse planeta: na preservação do meio ambiente e na luta pelo bem viver no campo e na cidade com justiça social.

Selecione o ano de início do projeto:

Projetos em Andamento

Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável / Projeto São José III – 2ª

Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável / Projeto São José III – 2ª

Esta ação visa a contratação de serviço de consultoria para realização do diagnóstico de 50 Organizações da Agricultura Familiar (OAF) e suas bases produtivas nas regiões de planejamento do estado do Ceará, especificamente nos municípios de Acopiara, Arneiroz, Deputado Irapuan Pinheiro, Icó, Mombaça, Orós, Parambu, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quiterianópolis, Quixelô, Senador Pompeu e Tauá, no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – PDRS/Projeto São José III – 2ª fase.

2023

2023

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA

Tecnologias Sociais para Construção da Autonomia e Qualidade de Vida no Semiárido

Tecnologias Sociais para Construção da Autonomia e Qualidade de Vida no Semiárido

O objetivo do projeto é promover a qualidade de vida de famílias agricultoras da Rede de Feiras Agroecológicas e Solidárias e de famílias de comunidades rurais em vulnerabilidade social, favorecendo a segurança alimentar e nutricional e o crescimento em autonomia a partir do acesso a tecnologias de convivência com o Semiárido, com base na agroecologia e tendo em vista a justiça de gênero e o bem viver no campo.

2023

2024

Fundação Banco do Brasil

Território e Vida Tremembé: Fortalecendo a segurança alimentar e autonomia indígena

Território e Vida Tremembé: Fortalecendo a segurança alimentar e autonomia indígena

O objetivo do projeto é promover a qualidade de vida do povo Tremembé, favorecendo a segurança alimentar/nutricional e o crescimento em autonomia de famílias indígenas chefiadas por mulheres, a partir do acesso a tecnologias de convivência com o Semiárido com base na agroecologia, tendo em vista a justiça de gênero e o bem viver no campo.

2022

2023

Manos Unidas

Redes de Agroecologia no Semiárido Brasileiro impulsionando transição ecológica justa nos territórios através do fortalecimento da Rede ATER Nordeste de Agroecologia

Redes de Agroecologia no Semiárido Brasileiro impulsionando transição ecológica justa nos territórios através do fortalecimento da Rede ATER Nordeste de Agroecologia

Esta ação visou fortalecer capacidades da Rede ATER Nordeste de Agroecologia e impulsionar a transição agroecológica através da estruturação de mercados territoriais. Contou com organização de atividades públicas de construção de agenda propositiva e incidência política, como caravanas, atos públicos e seminários, junto a candidaturas do campo democrático nas eleições estaduais e federais de 2022.

2022

2023

Porticus

Projetos Encerrados

Dos Quintais para as Feiras

Dos Quintais para as Feiras

A ação foi desenvolvida nos territórios Vale do Curu/Litoral Oeste e Sertão Central. Teve como objetivo a melhoria nos processos de comercialização e da produção agroecológica no semiárido de 300 famílias agricultoras, jovens, quilombolas e indígenas, através de formações, reuniões da rede e fortalecimento das feiras agroecológicas e solidárias.

2019

2021

Manos Unidas

Rede de Feiras Agroecológicas e Solidárias do Ceará

Rede de Feiras Agroecológicas e Solidárias do Ceará

O objetivo do projeto foi estruturar 66 unidades de referência relacionadas à produção orgânica, extrativista e de base agroecológica para geração de renda, envolvendo 300 agricultoras/es, jovens, quilombolas e indígenas articulados em rede, também realizou processos formativos, como encontros, capacitações, intercâmbios e diversos processos de construção do conhecimento agroecológico.

2019

2021

Fundação Banco do Brasil

Comida de Verdade é Saúde Garantida

Comida de Verdade é Saúde Garantida

Esta ação foi realizada junto a 54 famílias da Rede de Agricultoras/es Agroecológicas/os e Solidárias/os do Sertão Central, com o objetivo de diminuir os impactos provocados pela COVID-19 no grupo de feirantes liderados por mulheres através do fortalecimento de quintais produtivos.

2020

2020

Fundo Socioambiental CASA

Projeto Saberes do Semiárido

Projeto Saberes do Semiárido

O principal objetivo deste projeto foi potencializar a gestão do conhecimento agroecológico e o acesso a mercados solidários junto a 120 agricultoras/es familiares, mulheres, jovens, indígenas e quilombolas, incidindo na melhoria da qualidade de vida no território de Sobral (Brasil) e do Gran Chaco (Bolívia). É desta ação que nasce o Quiosque Agroecológico, espaço fixo de comercialização.

2020

2021

AKSAAM e FUNARBE, Fundação Arthur Bernandes, Universidade Federal de Viçosa

Agroecologia – Territórios de Saberes

Agroecologia – Territórios de Saberes

Projeto Gestão do Conhecimento em Redes Territoriais de Agroecologia no Semiárido Brasileiro, no âmbito do Projeto Adaptando Conhecimento para a Agricultura Familiar Sustentável e o Acesso a Mercados (AKSAAM). Realizou estudos finalísticos sobre efeitos da agroecologia e dos mercados locais na performance econômico-ecológica de agroecossistemas nos territórios de Vale do Curu/Litoral Oeste, Sobral e Sertão Central.

2020

2021

AKSAAM e FUNARBE, Fundação Arthur Bernandes, Universidade Federal de Viçosa

Medicina Alternativa – saúde nossa de cada dia

Medicina Alternativa – saúde nossa de cada dia

Realizado junto a Rede de Agricultores e Agricultoras Agroecológicos Agroecológicas e Solidários e Solidárias do Sertão Central, a ação visou realizar um processo de formação para fortalecimento do grupo Medicina Alternativa da Comunidade Quilombola Serra do Evaristo – Maciço de Baturité, composto por 20 famílias agricultoras, além de construir um reúso de águas cinzas na Escola Municipal da Comunidade.

2021

2022

Fundo Socioambiental CASA

Projeto AVACLIM

Projeto AVACLIM

Buscou avaliar as experiências agroecológicas em territórios cearenses a partir da segurança alimentar e dos ambientes de vida sustentável, mitigando as alterações climáticas e restaurando terras semiáridas.

2022

2022

CAATINGA

Rede em Ação 1

Rede em Ação 1

Esta ação promoveu assessoria técnica contínua no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Produtivo e de Capacidades – Projeto Paulo Freire, para promoção de ações estratégicas específicas de sustentabilidade, como garantir o acompanhamento técnico de 236 famílias, envolvendo a prestação de contas de 112 planos produtivos, assessoria técnica às/aos beneficiárias/os das tecnologias sociais de reuso e biodigestor, a comercialização das famílias da Rede de Agricultores/as Agroecológicos/as de Sobral e o fortalecimento das feiras agroecológicas e do Quiosque Agroecológico, no território de Sobral.

2022

2022

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – IICA

Rede em Ação 2

Rede em Ação 2

O projeto promoveu ações estratégicas de assessoria técnica à Rede de Agricultores/as Agroecológicos/as e Solidários de Sobral, através de estruturação, formalização e registro, fortalecimento dos mercados territoriais ligados à Rede de Feiras Agroecológica e Solidária do Ceará (Feiras Agroecológicas Solidárias e Quiosque Agroecológico). Também promoveu a criação de um fundo rotativo agroecológico e solidário para a Rede de Agricultores/as Agroecológicos/as e Solidários/as do Território de Sobral, auxiliando 120 famílias beneficiárias do Projeto Paulo Freire, localizadas na região de Sobral I.

2022

2022

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – IICA

Biogás Sertão+100

Biogás Sertão+100

Esta ação promoveu a construção de 45 biodigestores sertanejos a famílias agricultoras nos territórios do Vale do Acaraú/Sobral, Vales do Curu e Aracatiaçu e Sertão Central – Ceará. Com a produção de gás fornecida pelo manejo com esta tecnologia social, essas famílias conseguiram maior sustentabilidade e autonomia familiar.

2017

2021

Bento50AB/Suécia

Projeto Águas do Sertão

Projeto Águas do Sertão

Esta ação envolveu os municípios de Quixadá e Quixeramobim e teve o objetivo de implementar tecnologias sociais de cisternas, reúso de águas cinzas e construção de hortas em escolas rurais. Mobilização social, acompanhamento técnico, seleção e cadastramento de famílias e escolas, encontros de comunidades locais, capacitação de gerenciamento de recursos hídricos e convivência com o Semiárido escolar, capacitação de alunos, professores, gestores escolares e comunidades escolares em convivência com Semiárido e educação contextualizada, intercâmbio de experiências e capacitação em manejo de quintais produtivos mantidos por reúso de águas também fizeram parte desta ação.

2018

2018

Fundacion Avina

P1+2

P1+2

O Programa de Formação e Mobilização Social para a convivência com o Semiárido: Uma Terra e duas Águas (P1+2) foi realizado nos municípios de Itapipoca e Pentecoste – Território Vale do Curu e Litoral Oeste, com o objetivo de implementar 200 tecnologias sociais de captação e armazenamento de água de chuva, visando fomentar o acesso à água para produção de alimentos para autoconsumo, por meio de capacitação técnica, intercâmbio de experiências e construção de tecnologias sociais.

2018

2021

AP1MC e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES

Dom Helder Câmara (PDHC) – Sertão Central

Dom Helder Câmara (PDHC) – Sertão Central

Foi uma ação de acompanhamento técnico através da Assistência Técnica de Extensão Rural (ATER). Visou fortalecer as unidades familiares de produção agrária de agricultoras/es familiares nos municípios cearenses Banabuiu, Choró, Deputado Irapuã Pinheiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu, Solonópole e Varjota.

2018

Agência Nacional de Assistência Tecnica e Extensão Rural – ANATER

Programa de Cisterna – Cisterna de Enxurrada

Programa de Cisterna – Cisterna de Enxurrada

Construiu 366 cisternas de enxurradas de 52 mil litros, tecnologia social de acesso à água para produção de alimentos em quintais produtivos de agricultoras/es do semiárido no território de Sobral. Capacitações em gestão de água para produção de alimentos, manejo de sistema simplificado de água para produção, intercâmbio de experiências e implementação do caráter produtivo foram atividades que fizeram parte dessa ação.

2018

2021

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA

Programa de Cisterna – Cisterna Escolar

Programa de Cisterna – Cisterna Escolar

Construção de 76 cisternas escolares de 52 mil litros em escolas rurais em área de atuação do projeto Paulo Freire – território de Sobral. Esta ação tinha como objetivo proporcionar o acesso à água de qualidade para crianças e adolescentes do semiárido cearense. Foram realizadas formações com professores, estudantes e comunidade escolar para a gestão da água, práticas de convivência com semiárido e educação contextualizada.

2018

2021

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA/MDS/FIDA

Programa de Cisterna – Sistemas de Reúso de Águas Cinzas

Programa de Cisterna – Sistemas de Reúso de Águas Cinzas

Foram construídos 51 sistemas de tratamento e de reúso de água cinza domiciliar: tecnologia social de acesso à água para produção de alimentos nos quintais produtivos de agricultoras/es familiares do território de Sobral e Vale do Curu/Litoral Oeste. Capacitações em gestão de água para produção de alimentos, manejo de sistema simplificado de água para produção, intercâmbio de experiências e implementação do caráter produtivo fizeram parte dessa ação.

2017

2021

Secretaria do Denvolvimento Agrário – SDA

Sustentabilidade da Serra ao Sertão (Chamada de Agroecologia)

Sustentabilidade da Serra ao Sertão (Chamada de Agroecologia)

A ação visou realizar Assessoria Técnica de Extensão Rural (ATER) no território Maciço de Baturité, com 400 famílias agricultoras, para consolidar e ampliar processos de promoção da agroecologia existentes, o desenvolvimento local/territorial e os processos organizativos de agricultoras/es, assim como fomentar os processos de inclusão de gênero, geração e etnia. Dias de campo, capacitações intercâmbios e acompanhamento aos processos produtivos foram algumas das ações deste projeto.

2014

2019

Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA

Sertão Agroecológico  (Chamada de Agroecologia)

Sertão Agroecológico (Chamada de Agroecologia)

Este projeto, desenvolvido no território do Sertão Central, teve o objetivo de assessorar 600 famílias agricultoras através de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), visando consolidar e ampliar processos de promoção da agroecologia existentes, o desenvolvimento local/territorial e seus processos organizativos, considerando seus diferentes processos de transição e as diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO).

2014

2018

Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA

Território Agroecológico  (Chamada de Agroecologia)

Território Agroecológico (Chamada de Agroecologia)

Esta ação foi desenvolvida no território Vale do Curu e Litoral Oeste, envolvendo cerca de 600 famílias agricultoras através da Assistência Técnica e Extensão Rural, visando consolidar e ampliar processos de promoção da agroecologia e do desenvolvimento local/territorial e seus processos organizativos, considerando seus diferentes processos de transição e as diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO).

2015

2019

Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA

Projeto Paulo Freire I, II e III

Projeto Paulo Freire I, II e III

Esta ação se desenvolveu nos territórios de Sobral I e II, através do processo de assessoria técnica contínua voltada para comunidades e organizações produtivas da agricultura familiar em condições de pobreza ou extrema pobreza. Acompanhou famílias em manejo e beneficiamento dos consórcios agroecológicos e em produção e comercialização, com implementação de tecnologias sociais de reúso de águas cinzas e biodigestores.

2015

2021

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA/FIDA

Redes Agroecológicas

Redes Agroecológicas

O principal objetivo deste projeto foi o fortalecimento da organização dos grupos solidários para ampliação da produção agroecológica, na perspectiva da geração de renda e da segurança alimentar de famílias agricultoras do sertão cearense.

2015

2018

Manos Unidas

Juventude Comunica Direitos

Juventude Comunica Direitos

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tinha como principal objetivo fortalecer o protagonismo da juventude rural através dos seguintes eixos: formações temáticas para jovens, formações temáticas para docentes das escolas e sensibilização das comunidades acerca dos direitos da criança, do adolescente e da mulher.

2015

2017

União Europeia

Políticas Públicas como Direito

Políticas Públicas como Direito

O principal objetivo do projeto era promover processos de formação em políticas públicas junto a 300 famílias beneficiadas direta e indiretamente pelo projeto Paulo Freire, no Território de Sobral. Realizou a capacitação em acesso às políticas públicas de pessoas localizadas em 84 comunidade no Território de Sobral.

2016

2018

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – IICA e Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA

Ação Tremembé

Ação Tremembé

Teve como principal objetivo apoiar a defesa e proteção dos direitos humanos do PI Tremembé da Barra do Mundaú, localizado em Itapipoca (CE), por meio do fortalecimento de conhecimentos, meios de ação e capacidades de articulação, diálogo, visibilidade e incidência política de indígenas e de suas organizações, contribuindo para a efetivação de seus direitos e fortalecimento de suas organizações.

2016

2019

União Europeia

Programa de Cisterna – Cisternas de placas

Programa de Cisterna – Cisternas de placas

Construção de 4.961 cisternas familiares de 16 mil litros para consumo humano, visando atender a uma necessidade básica da população que vive no semiárido cearense: o direito à água de beber. Esta ação contribuiu com a maior dignidade no campo, atuando em diversos municípios cearenses.

2016

2022

HABITAT e Prefeitura de Miraíma, Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA/FIDA/MDS/FUNASA

Florestação

Florestação

Contribuiu para a ampliação da sustentabilidade ambiental nos agroecossistemas familiares e em comunidades rurais, por meio do fortalecimento das capacidades de agricultores agroecológicos. Promovendo a reconversão produtiva, recuperação de áreas degradadas e conservação de áreas de vegetação natural.

2013

2015

Petrobras

Quintais para a Vida

Quintais para a Vida

Os Quintais são compreendidos como uma tecnologia social de acesso e manejo produtivo da terra, das águas, das sementes, da diversidade produtiva dos sistemas agrícolas e do jeito de fazer das comunidades do território, promovendo a sustentabilidade da agricultura familiar. É nesse espaço que serão plantadas diversas culturas, entre frutas, legumes e hortaliças, além da criação de animais, num sistema sustentável e integrado e em harmonia com o meio ambiente. Como a intenção era fortalecer a ideia da convivência com o Semiárido, o trabalho foi realizado no sentido da construção de outra tecnologia social: a cisterna calçadão, com volume total de 52 mil litros.

2009

2011

Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará – SDA

Formação pela Experimentação em Manejo da Caatinga

Formação pela Experimentação em Manejo da Caatinga

Esta ação procura dar assessoramento técnico específico através de um processo territorial de formação pela experimentação, ou seja, através de práticas e monitoramento dos ganhos ambientais, produtivos, econômicos e sociais. Foram nove assentamentos/comunidades, cada uma com um projeto experimental desenvolvido de acordo com seu foco específico e adequado ao seu perfil de uso produtivo e suas demandas, relacionando-se com a fisionomia ambiental de cada localidade.

2009

2011

Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA

Sistema Barraginhas

Sistema Barraginhas

O projeto contou com encontros municipais de mobilização e sensibilização, realização de intercâmbios técnicos, capacitação de agricultores sobre a reaplicação de tecnologias sociais, realização de curso de gestão, finanças e comercialização, difusão de tecnologias sociais, implantação de 2000 unidades de produções agroecológicas integradas e sustentáveis, acompanhamento sistemático e encontros de avaliação.

2010

2013

Fundação Banco do Brasil

Produção agroecológica integrada e sustentável – PAIS

Produção agroecológica integrada e sustentável – PAIS

Tinha o objetivo de potencializar o agroecossistema familiar por meio da integração das atividades já existentes, preservando, assim, o bioma e aliando a criação de animais com a produção vegetal, com observação destacada para a sustentabilidade econômica e a otimização dos recursos naturais, minimizando a dependência de energias não-renováveis. Tratav-se de uma tecnologia social geradora de renda para as agricultoras e os agricultores familiares, possibilitando o cultivo de alimentos mais saudáveis.

2010

2011

Fundação Banco do Brasil

Programa de Formação e Mobilização social para a convivência com o semiárido: um milhão de cisternas rurais – P1MC

Programa de Formação e Mobilização social para a convivência com o semiárido: um milhão de cisternas rurais – P1MC

Visou o desencadeamento de processos de formação e envolvimento das famílias para ampliar a construção de cisternas domiciliares, propiciando o acesso à agua potável para famílias do meio rural e desencadeando um trabalho inovador, com a construção de cisternas em escolas públicas do meio rural e capacitação de alunos, professores e funcionários, a fim de garantir a segurança e soberania alimentar na zona rural do Semiárido brasileiro.

2011

2013

Fundação Banco do Brasil, Ministério do Desenvolvimento Social – MDA e Banco do Nordeste do Brasil – BNB

Tecendo Redes Solidárias

Tecendo Redes Solidárias

O objetivo foi fortalecer as Redes de Agricultores/as Agroecológicos/as do Território da Cidadania Vales do Curu e Aracatiaçu por meio da ampliação, qualificação e gestão compartilhada do fundo rotativo existente, visando a autonomia financeira, a sustentabilidade ecológica e a organização social das comunidades envolvidas.

2011

2014

Banco do Nordeste do Brasil – BNB/FUNDECI

Construção de 3.343 cisternas de placa

Construção de 3.343 cisternas de placa

Esta ação viabilizou a construção de 3.343 cisternas de placas no municípios de Icapuí, Itaiçaba, Jaguaruana, Aracati, Pacajus, Horizonte, Chorozinho, Maranguape, Caucaia, Uruburetama, Miraíma, Apuiarés, General Sampaio, Irauçuba, Tejuçuoca e Itapipoca, todos municípios do Estado do Ceará.

2011

2012

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA

Terra Viva: um Novo Olhar da Juventude sobre o Meio Rural

Terra Viva: um Novo Olhar da Juventude sobre o Meio Rural

Jovens de 25 comunidades dos municípios de Itapipoca e Trairi participaram deste projeto que buscou fortalecer a organização da juventude no território, fortalecendo sua identidade com o meio rural e promovendo ações que garantiam o ingresso de geração de renda. Com esse projeto, o CETRA foi uma das vinte instituições contempladas, em 2010, com o Fundo Itaú de Excelência Social (FIES), nas linhas de Educação Ambiental, Educação para o Trabalho e Educação Infantil.

2010

2012

Fundação ITAU – FIES

Mulher Rural: Organização e Produção Agroecológica

Mulher Rural: Organização e Produção Agroecológica

Tinha o objetivo de prestar assistência técnica e extensão rural a 160 mulheres, procurando fortalecer a produção agroecológica, os processos de comercialização, a autonomia econômica e o protagonismo feminino na economia rural em 14 municípios do território Vales do Curu e Aracatiaçu. A metodologia era participativa, priorizando o diálogo. Foram realizadas visitas, encontros, oficinas e estudos com foco na participação dessas mulheres tanto em espaços políticos como gerando renda para a família.

2011

2012

Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA

Fortalecendo organização e reforçando cidadania feminina rural

Fortalecendo organização e reforçando cidadania feminina rural

O objetivo desse projeto foi a promoção do empoderamento de mulheres trabalhadoras rurais, a inserção sócio-política desse grupo e a igualdade de gênero como formas efetivas de estímulo ao desenvolvimento rural sustentável (Metas do milênio – ONU) e de combate à pobreza, à fome e às violências sexual e doméstica.

2011

2012

Dia Mundial de Oração das Mulheres – Comitê Alemão

Programa de Construção de Cisternas e Capacitação para Convivência com o Semiárido

Programa de Construção de Cisternas e Capacitação para Convivência com o Semiárido

Construção de cisternas nos municípios de Croatá, Ipueiras, Hidrolândia e Itapipoca, no estado do Ceará. Foram parte do projeto: mobilização social, acompanhamento, seleção e cadastramento de famílias, capacitação de famílias em gerenciamento de recursos hídricos, cidadania e convivência com o semiárido, capacitação de comissões municipais, encontros microrregionais, construção de cisternas de placas para uso doméstico e capacitação de pedreiros em construção de cisternas de placas.

2012

2013

Secretaria de Desenvolvimento Agrário – SDA

Programa Uma Terra e Duas Águas – P1+2

Programa Uma Terra e Duas Águas – P1+2

Construção de cisternas do tipo calçadão para captação e armazenamento de água da chuva e capacitação para convivência com o Semiárido. Mobilização social, acompanhamento, seleção e cadastramento de famílias, capacitação de famílias em gerenciamento de recursos hídricos, cidadania e convivência com o Semiárido e construção de cisternas calçadão fizeram parte deste projeto.

2012

2013

Banco do Nordeste do Brasil – BNB e Petrobras, Ministério do Desenvolvimento Social

Programa Um Milhão de Cisternas – P1MC (2)

Programa Um Milhão de Cisternas – P1MC (2)

Implementação do Programa denominado P1+2, visando fomentar a implementação de tecnologias sociais voltadas ao acesso à água para produção de alimentos para autoconsumo, por meio de capacitação técnica, do intercâmbio de experiências e da construção de cisternas calçadão, cisternas enxurrada, barragens subterrâneas, barraginhas, barreiros-trincheira, tanques de pedra/caldeirão e bombas d’água populares.

2013

2014

Banco Nacional do Desenvolvimento – BNDES e Ministério do Desenvolvimento Social – MDS

Agricultura familiar, agroecologia e mercado

Agricultura familiar, agroecologia e mercado

Teve como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida, soberania alimentar e empoderamento da população no Semiárido do Nordeste do Brasil, por meio do fortalecimento da agricultura familiar ecológica e sustentável. Trabalhou, para tanto, o fortalecimento da organização social e da qualificação de agricultores familiares na produção, planejamento, gestão e comercialização de produtos agroecológicos, promovendo uma maior participação de mulheres e jovens.

2006

2011

Fundação Konrad Adenauer – FKA – PVD

Fundo Rotativo Agroecológico Solidário

Fundo Rotativo Agroecológico Solidário

O objetivo central do FRAS era permitir que agricultoras/es organizadas/os em grupos ou associações conseguissem acessar o crédito solidário sem burocracia, para custear a implantação ou o melhoramento de unidades produtivas de manejo agroecológico. O princípio de funcionamento era simples: o agricultor recorria ao Fundo para obter crédito, retornava o valor num período de tempo acordado com suas possibilidades e os recursos foram utilizados por outra família ou para outras necessidades do grupo ou comunidade, fortalecendo também a organização social e gerando um vínculo de união e solidariedade entre todos os participantes.

2009

2011

Banco do Nordeste do Brasil – BNB

Assentamentos em Ação

Assentamentos em Ação

Este projeto veio com a proposta de fortalecer e melhorar as experiências das famílias camponesas, aliando ser humano e meio ambiente com ações concretas para o manejo sustentável e a conservação da biodiversidade intrínseca à produção de alimentos saudáveis, com o incentivo de práticas agroecológicas. A ideia central do projeto era prestar assistência técnica e extensão rural (ATER) com qualidade, junto às famílias de áreas de assentamentos.

2000

2015

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA/CE