Texto: Francisco Barbosa e Damiana Moizéis

Fotos: Damiana Moizéis

 

Ressignificar a vida no campo, contextualizar aprendizado com práticas, é muitas vezes necessário para que educadores/as e educandos/as percebam quão rico e próspero é seu pedaço de chão. Assim, através de intercâmbio de experiências as singelas interações vão alterando o cotidiano de quem visita e de quem, tão solidariamente, divide com o outro suas experiências.

 

Alunas/os de Quixadá e Quixeramobim participaram, no dia 07 de junho, de intercâmbio intermunicipal realizado em Independência, no Ceará. Todas e todos tiveram a oportunidade de conhecer a experiência de educação contextualizada da Escola Família Agrícola Dom Fragoso. A turma visitou as várias instalações da escola tais como: sistema de bioágua, biodigestor, casa de sementes, apiário, pocilga, ovinos e caprinos, mandala, viveiro de mudas, áreas de sistemas agroflorestais. A atividade foi encerrada com debate e trocas de informações.

 

O dia a dia dos alunos da escola agrícola é bem diferente da escola comum. Eles fazem o ensino médio e técnico por meio da metodologia da alternância, ou seja, são doze dias na escola e o restante do mês em casa, colocando em prática o que aprenderam. Na avaliação, os/as educandos/as demonstraram alegria e admiração por tudo vivenciado na Escola Família Agrícola e o interesse de levar para suas escolas as práticas vivenciadas.

Lívia Nicoly Florência Fernandes, aluna da E.E.F.M. Alfredo Almeida Machado, de Quixeramobim, foi uma das estudantes que conheceu a Escola Família Agrícola Dom Fragoso. “Gostei muito. O que achei mais interessante foi os alunos morarem lá, sabe? Eles têm seus alojamentos. Nossa! É muito bonito, eu adorei. Se pudesse eu voltaria lá”, disse.

 

Participaram do intercâmbio alunas/os das escolas: E.E.F. Maria De Lourdes Ferreira e E.E.F. João Gonçalves da Rocha, de Quixadá e; E.E.F.M. Alfredo Almeida Machado e E.E.F. Osvaldo Martins de Almeida, de Quixeramobim.


A ação faz parte do cronograma de atividades do Projeto Águas do Sertão, realizado pelo CETRA em parceria com a Fundação Avina e a Água Ama.

VejaTambém