Na última sexta feira dia 28 de março, Quixadá amanheceu animada, tempo fechado, chuvinha leve... A esperança continua viva, a caatinga fica cada vez mais colorida e as cisternas enchendo de vida e alegria. Assim como o coração dos sertanejos!

  No assentamento Olivença, aproximadamente 6 km do centro de Quixadá, uma das comunidades beneficiadas pelo projeto Quintais para a vida – Premio Mandacaru, estiveram reunidos jovens, adultos, feirantes agricultores e agricultoras para a realização da 6ª Oficina de produção agroecologica.

  A oficina foi direcionada a produção agroecologica dos quintais produtivos, visando alternativas sustentáveis de produção, proteção do meio ambiente e segurança alimentar, destacando os defensivos naturais para o controle de pragas e doenças, canteiros econômicos, produção de mudas e fortalecimento dos beneficiários do projeto em relação à participação e ingresso dos mesmos na Feira Agroecologica e Solidária de Quixadá, com a troca de experiências entre os (as) feirantes ativos (as) e equipe técnica do CETRA.  Foi um dia de muito aprendizado e troca de conhecimentos.

  Ao final da atividade houve cambio e doação de mudas diversas de frutíferas e plantas nativas da região, como também de espécies exóticas, dentre elas: Pau D’arco Roxo, Pau Brasil, Castanhola, Azeitona, Mamão, Coqueiro, Noni, Ateiras, entre outras.

  Esta foi a última oficina do projeto Quintais para a Vida – Premio Mandacaru, deixando os mesmos com a saudade das formações e das amizades feitas no decorrer destas, e levantando a esperança para que surjam novas parcerias e projetos para o apoio e o fortalecimento da agricultura familiar agroecologica da Região do Sertão Central.

 

Valdênio Holanda - Técnico em Agropecuária 

CETRA - SERTÃO CENTRAL

 

 

 

 

 

 

 

VejaTambém