As Feiras Agroecológicas e Solidárias são espaços em que agricultoras e agricultores familiares comercializam produtos agroecológicos diretamente aos consumidores e consumidoras. As Feiras são estratégias de comercialização que dinamizam a produção do campo, proporcionando alimentação saudável e garantindo o aumento da renda familiar camponesa. As Feiras ainda fortalecem a organização comunitária, pois são realizadas de forma participativa, sendo coordenadas pelos próprios/as agricultores e agricultoras.

noticiafeirasagroecologicas2018

E qual a grande diferença da Feira Agroecológica e Solidária?

 

1.  O alimento é produzido sem veneno (agrotóxicos)
Na agroecologia, os agricultores e agricultoras usam as próprias defesas da natureza para que a planta siga forte e saudável. Isso sim é inteligência!

 

2.  O alimento é mais fresco
Porque ele vem direto do quintal, não passa por vários lugares até chegar no seu prato!

 

3. A alimentação é mais diversa
Porque na agroecologia quanto mais variedade, mais saudável é o ambiente, mais saudáveis são as plantas. Além de ser mais divertido conhecer vários sabores, estamos também valorizando a cultura alimentar da nossa região ao consumir produtos diretos da agricultura familiar e da reforma agrária.

 

4. A agroecologia não usa sementes transgênicas
Transgênicos são organismos criados em laboratório, a partir do cruzamento de espécies que jamais se cruzariam sozinhas na natureza. Já existem estudos que indicam os riscos para a natureza e para a nossa saúde. As sementes transgênicas contaminam as sementes crioulas, que guardam toda a diversidade e riqueza dos alimentos que a natureza sempre produziu.

 

5. A agroecologia cultiva uma sociedade justa
Porque trabalha com igualdade entre mulheres e homens, raças, culturas, religiões e idades. Com diversidade e equilíbrio, a agroecologia prova que pode alimentar todo o mundo*.

 


E agroecológico é o mesmo que orgânico?

Não! O agroecológico sempre é orgânico, mas o orgânico nem sempre é agroecológico. Um alimento orgânico, apesar de não usar veneno em seu cultivo, pode vir de um agronegócio, além do que geralmente passa por atravessadores para chegar até o consumidor o que deixa seu valor elevado restringindo a possibilidade de ser acessado pela maioria da população.


Já o alimento agroecológico, como demonstramos nos pontos acima, leva em conta, além da não utilização de agrotóxicos e transgênicos, a forma de comercialização, a organização social, a diversidade e o equilíbrio.

 

Assista sobre as Feiras Agroecológicas e Solidárias clicando aqui!

 

 

 

Onde encontrar as Feiras Agroecológicas e Solidárias apoiadas pelo CETRA?

 

> Feira Agroecológica e Solidária - FORTALEZA

Toda primeira sexta-feira do mês na sede do CETRA Fortaleza, das 15h às 18h.

rua Capitão Gustavo, 3842 - São João do Tauape

 

> Feira Agroecológica e Solidária - ITAPIPOCA

Toda quarta-feira na praça da matriz a partir das 6h. 

 

> Feira Agroecológica e Solidária - APUIÁRES

Toda quarta-feira na praça da matriz a partir das 7h.

 

> Feira Agroecológica e Solidária - PARACURU

Quinzenalmente às sextas-feiras na praça da matriz a partir das 7h.

 

> Feira Agroecológica e Solidária - PURÃO (TRAIRI)

Todo segundo domingo de cada mês, a partir das 7h.

 

> Feira Agroecológica e Solidária - TRAIRI

Quinzenalmente, às quartas-feiras, na praça José Granja Ribeiro, a partir das 7h.

 

> Feira Agroecológica e Solidária - SOBRAL 

Toda segunda quinta-feira do mês, na praça de Cuba (esquina das ruas General Tibúrcio e Viriato de Medeiro), a partir das 7h. 

 

> Feira Agroecológica e Solidária - COMUNIDADE SÃO JOÃO DOS QUEIROZ (QUIXADÁ)

Todos os sábados na praça da Igreja, a partir das 7h

 

> Feira Agroecológica e Solidária - PEDRA BRANCA 

Todas as sextas-feiras no Galpão da Agricultura Familiar, a partir das 7h.

 

> Feira da Agricultura Familiar de QUIXERAMOBIM

Todas as quartas-feiras no Galpão da Agricultura Familiar a partir das 6h.

 

> Feira Agroecológica do Espaço Antônio Conselheiro - QUIXERAMOBIM

Última sexta-feira do mês no Espaço Antônio Conselheiro (IAC), a partir das 16h. Rua Desembargador Américo Militão, 410, Centro.

Feira acompanhada pelo Instituto Antônio Conselheiro - IAC. 

 

> Feira Agroecológica e Solidária de TURURU

Praça da matriz, todas as últimas sextas-feiras de cada mês, das 7h às 10h.

 

> Feira Agroecológica e Solidária de SERROTA (PENTECOSTE) 

Toda sexta-feira, na rua Santa Rita s/n, das 6h às 10h. 

 

> Feira Agroecológica e Solidária de ARACATIAÇU (SOBRAL)

Primeira quinta-feira de cada mês na praça Monsenhor Odilon Marinho de Pinho (rua Coronel Francisco - Centro), a partir das 6h.

 

Feira Agroecológica e Solidária de TAPERUABA (SOBRAL)

Toda última sexta-feira do mês, na praça Nossa Senhora do Carmo (av. Nossa Senhora do Carmo, s/n, Centro), das 7h às 12h. 

 

 

 

Outras Feiras Agroecológicas em Fortaleza:

 

> Feira Cultural da Reforma Agrária

Segundo sábado de todo mês das 9h às 15h. rua Paulo Firmeza, 445, Centro de Formação e Pesquisa Frei Humberto - São João do Tauape

 

> Feira Agroecológica do Benfica

Sábado (quinzenal), na praça da Gentilândia - Benfica, a partir das 7h. 

 

 

 

*Fonte: Programa de Agricultura Urbana / AS-PTA - Agricultura Familiar e Agroecologia


projetos home pt

Políticas Públicas como D…

O projeto Políticas Públicas como Direito tem como principal objetivo promover processos de formação... Leia mais

Formação e Mobilização So…

- Cisternas de Placa   Construção de tecnologias sociais de acesso à água nos municípios... Leia mais

Juventude Comunica Direit…

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tem... Leia mais