Texto: Francisco Barbosa

Fotos: Francisco Barbosa

De 11 a 13 de julho, jovens do povo Tremembé da Barra do Mundaú (Itapipoca/CE), participaram do II módulo do curso Arte, Comunicação e Inclusão Digital, realizado pelo CETRA por meio do projeto Ação Tremembé. A ação foi realizada no Ponto de Apoio do Povo Tremembé, localizado na aldeia Buriti do Meio.

 

Com o tema: Artes Cênicas, o módulo foi facilitado pelo palhaço, bailarino e músico, Viana Junior, que trabalhou linguagens do teatro e da dança. "A gente tá trabalhando com alguns jogos de dança, de improvisação, de criação de movimento, jogos teatrais e palhaçaria. Além dessas linguagens realizamos trabalhos com máscaras inspirados na tradição popular do reisado”. Para ele, esse trabalho também servirá de incentivo para o fortalecimento da cultura local. “O intuito de trabalhar essas linguagens com diálogo com as máscaras é pensar na relação que o povo Tremembé da Barra do Mundaú tem com a tradição, em especial, do reisado. Pegar o que foi trabalhado aqui durante esse módulo e, de repente, usar isso a favor da participação dos integrantes da oficina no reisado. A ideia é que eles possam passar esses conhecimentos para outras pessoas”, finaliza.

Na manhã do primeiro dia, as/os participantes fizeram diversos exercícios corporais como alongamentos e jogos teatrais. No período da tarde, todos e todas fabricaram máscaras com materiais orgânicos, como o coité, de materiais recicláveis, nesse caso foi utilizado jornal com técnicas de colagem e, por fim, fizeram máscaras de tecidos, que são muito comuns nas apresentações de reisado na região.

 

O segundo dia teve início com alongamentos e exercícios físicos. Após esse primeiro momento, todos e todas finalizaram a produção de suas máscaras e colocaram em prática o resultado das atividades do dia anterior. Cada um/a teve que apresentar a personalidade de sua máscara e construir o corpo daquele/a personagem. Feito isso, houve apresentações de pequenos esquetes realizados de forma improvisada.

 

No último dia de formação, a turma deu continuidade aos trabalhos corporais e, em seguida, foi dividida em grupos. Foi sugerido que cada grupo trabalhasse as figuras do reisado como o Papangu, a Velha e as Damas para apresentarem pequenas cenas com esses personagens. Ao final as/os participantes falaram um pouco sobre a experiência desses três dias de oficina.

“Esse trabalho de teatro tá sendo um grande desafio pra mim, porque eu não tinha esse tipo de conhecimento e estou aprendendo aqui. Pretendo levar pra minha vida, aprender mais e me aperfeiçoar”, afirma Rafaela Santos, uma das participantes do curso, e conclui, “A gente tá recebendo conhecimento e passando nosso conhecimento também, da nossa luta e do nosso dia a dia. Tá sendo uma experiência única”.

 

Essa é a segunda turma do curso de formação em Arte, Comunicação e Inclusão Digital do projeto Ação Tremembé que, além da formação em artes, também realiza programas de formação em Agroecologia e Direitos Humanos. O projeto Ação Tremembé é uma realização do CETRA com financiamento da União Europeia.


projetos home pt

Políticas Públicas como D…

O projeto Políticas Públicas como Direito tem como principal objetivo promover processos de formação... Leia mais

Formação e Mobilização So…

- Cisternas de Placa   Construção de tecnologias sociais de acesso à água nos municípios... Leia mais

Juventude Comunica Direit…

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tem... Leia mais