Fonte: Assessoria de Imprensa no Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa

 

A Coordenação Estadual da II Conferência da Caatinga no Ceará está coletando indicações de experiência exitosas no bioma com o objetivo de encaminhar o processo de pré-seleção para apresentações durante a Conferência. O mesmo processo acontece nos demais estados da região. As instituições públicas e entidades da sociedade poderão encaminhar as experiências que considerarem relevantes, até o dia 30 de Abril, para o endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., descritas em ficha de inscrição disponível em https://www.al.ce.gov.br/index.php/ii-conferencia-da-caatinga, onde também poderão encontrar os critérios de participação.

 

As propostas enviadas serão submetidas a uma pré-seleção, no Encontro Estadual Preparatório da II Conferência, em 15 de maio. Serão selecionadas 10 (dez) experiências do Ceará, como de cada estado. Destas, a coordenação selecionará cinco para serem apresentadas na Conferência, em power point, nas salas temáticas; e cinco para divulgação na forma de banner/painel/vídeo, na área da exposição. Simultaneamente, acontecerá a Feira dos Saberes e das Culturas da Caatinga.

 

A metodologia da conferência está fundamentada na disseminação de informações sobre programas, projetos e ações em desenvolvimento ou previstas nos estados do bioma, que contribuem ou poderão contribuir para as metas previstas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pela ONU, passíveis de serem considerados estratégicos para o bioma.

 

Os critérios levam em consideração a relação com os eixos temáticos da conferência: meio ambiente; segurança hídrica e saneamento; agropecuária; e desenvolvimento econômico e social. As propostas deverão ter, no mínimo, cinco anos de implantação e apresentarem resultados que comprovem sua eficiência.

 

O evento acontecerá no período de 19 a 21 de junho, com o tema “Desenvolvimento humano e sustentável”, no auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa. Seu objetivo principal será propor estratégias para o desenvolvimento humano e a sustentabilidade da Caatinga, tendo por referência os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) que se relacionam com a problemática da Caatinga.


A realização é da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Instituto Agropolos, e Secretaria do Meio Ambiente do Ceará, com apoio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA-Superintendência do Ceará) e Banco do Nordeste, com parceria do Instituto Nordeste XXI, Fundação Bernardo Feitosa e Instituto Instituto Brasileiro de Administração para o Desenvolvimento (Ibrad).


projetos home pt

Políticas Públicas como D…

O projeto Políticas Públicas como Direito tem como principal objetivo promover processos de formação... Leia mais

Formação e Mobilização So…

- Cisternas de Placa   Construção de tecnologias sociais de acesso à água nos municípios... Leia mais

Juventude Comunica Direit…

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tem... Leia mais