Texto: Francisco Barbosa

Fotos: Francisco Barbosa

Durante a manhã do dia 18 de abril, o Centro de Estudos a Distancia (CED), em Sobral, recebeu agricultoras e agricultores; técnicos e técnicas das equipes dos projetos Políticas Públicas Como Direito e Paulo Freire, no Seminário Territorial Políticas Públicas e Democracia, realizado pelo CETRA com o apoio do IICA e parceria do Projeto Paulo Freire, FIDA e Governo do Estado por meio da SDA. A atividade contou ainda com o apoio da Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA) e da Fetraece.

 

O dia teve início com a recepção e cadastramento das agricultoras e agricultores de diversas comunidades do Território de Sobral. A programação iniciou com uma apresentação artística e cultural do grupo As de Ouro, que presenteou as/os participantes com apresentações de samba de roda, capoeira e o maculelê. Logo após a apresentação, todas e todos assistiram ao teaser do documentário Tecendo História de Resistência, que conta a trajetória dos 36 anos do CETRA e tem previsão para lançamento ainda no primeiro semestre deste ano.

 

Um dos grandes momentos do Encontro foi o painel da ex-ministra, Tereza Campello, com o tema: "Superação da Pobreza no Brasil e no Semiárido Brasileiro: Avanços e Desafios". Durante a sua apresentação, a ex-ministra passou alguns dados sobre o avanço no acesso a políticas públicas e melhorias alcançadas com elas no Brasil entre o período de 2002 a 2015 como acesso a água a energia elétrica, por exemplo. “De 2002 a 2015 muitas coisas foram feitas, mas a pergunta é: Por que não foram feitas antes? Nós mostramos que era possível fazer”, afirma. “Eu fiquei encantada. Muitos jovens. É isto que precisamos. Formar uma nova geração! Parabéns mesmo", disse em relação ao público que assistiu ao seu painel. Tereza Campello foi ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome durante o governo da presidente Dilma Rousseff.

 

Em seguida o secretário da Casa Civil do Ceará, Nelson Martins debateu sobre os programas sociais desenvolvidos pelo Governo do Estado do Ceará em prol da convivência com o Semiárido, entre eles, o Secretário destacou o projeto Paulo Freire.

O evento também reservou um momento de homenagens às instituições e pessoas que contribuem e se dedicam na construção de um Semiárido cada vez mais vivo e mais justo para todas e todos. As homenageadas e homenageados foram: Prefeitura Municipal de Sobral; Regional da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE); Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE); Universidade Estadual Vales do Acaraú (UVA); Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA); Projeto Paulo Freire; Projeto Paulo Freire – Escritório Regional do Projeto (ERP); As/os instrutoras/es do projeto Políticas Públicas; Nelson Martins e Tereza Campello.

Para o agricultor José Andrade dos Santos, conhecido como Zé Pequeno, morador da comunidade de Croa dos Angicos, no município de Senador Sá, o importante é dar continuidade ao aprendizado adquirido com as ações do projeto Políticas Públicas Como Direito. “O projeto Políticas Públicas Como Direito e o projeto Paulo Freire trouxe pra mim uma retrospectiva do que eu já tinha aprendido ou já tinha ouvido falar, e acrescentou conhecimento de nossas políticas públicas. Dentro do projeto eu pude entender, principalmente com os intercâmbios, que nós temos que dar continuidade as coisas que a gente aprendeu desde o inicio do governo Lula. Temos que dar sequencia a elas”, diz.

O Encontro também recebeu uma edição extraordinária da Feira Agroecológica e Solidária de Sobral com alimentos produzidos pela agricultura familiar, a partir das práticas agroecológicas, sem agrotóxicos e sem agredir o meio ambiente. Além dos alimentos, a feira também contou com artesanatos. A Feira Agroecológica e Solidária de Sobral acontece sempre às segundas quintas-feiras de cada mês.

O Seminário Territorial Políticas Públicas e Democracia marcou o encerramento do projeto Políticas Públicas Como Direito, que teve início em fevereiro de 2017, com o objetivo promover processos de formação em políticas públicas junto a agricultoras e agricultores familiares que fazem parte de forma direta, ou indireta, do projeto Paulo Freire, no Território de Sobral. Durante a realização do Projeto, foram realizadas 168 oficinas comunitárias reunindo um total de 4.838 agricultoras/es, 2.210 mulheres e 1.608 jovens.


projetos home pt

Políticas Públicas como D…

O projeto Políticas Públicas como Direito tem como principal objetivo promover processos de formação... Leia mais

Formação e Mobilização So…

- Cisternas de Placa   Construção de tecnologias sociais de acesso à água nos municípios... Leia mais

Juventude Comunica Direit…

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tem... Leia mais