Entre os dias 27 e 28 de outubro acontece, na comunidade Barra do Córrego, assentamento Maceió, em Itapipoca Ceará, a II Caravana Cultural e Agroecológica da Juventude Rural. A atividade irá reunir cerca de 100 jovens dos territórios Vales do Curu e Aracatiaçu, Sertão Central, Maciço de Baturité e Sobral em torno do tema "O Campo como Espaço do Bem Viver". 

 bannerlogocaravanasite2

 

 As atividades da II Caravana trazem para o centro do debate as experiências agroecológicas e histórias de resistência a partir do olhar da juventude. Quais são os principais desafios das juventudes a partir da Agroecologia? Que formas e vivências as juventudes tem utilizado para resistir? Perguntas como essas serão norteadoras para debates e reflexões durante o encontro. Durante a programação haverá também o lançamento da 4ª Exposição exposição Fotográfica "Mulheres do Semiárido - Afetos e Resistências". Evidenciadas pelo olhar sensível e comprometido com profundo afeto pelas mulheres do Semiárido, a juventude rural capta a simplicidade da dimensão humana através de imagens que mostram a vida, o trabalho, e os sentidos de pertencimento no meio rural. Avós, mães, tias e filhas em seu fazer cotidiano.

 

Assim, toma forma a 4ª Exposição Fotográfica da Juventude Rural do território Vales do Curu e Aracatiaçu: “Mulheres do Semiárido: afetos e resistências”, as imagens retratam o doce e tortuoso cotidiano das mulheres do Semiárido, um lugar de luta e resistência. As juventudes fazem um duplo caminho nessa exposição, pois ao revelar essas histórias de vida elas também revelam suas sensibilidades, afetos e reflexões. São 30 imagens registradas por jovens das comunidades Vieira dos Carlos, Várzea do Mundaú e Salgado do Nicolau (assentamento Várzea do Mundaú); Assentamento Batalha e Purão, no município de Trairi; Barra do Córrego e Sítio Coqueiro (Assentamento Maceió); e Assentamento Escalvado no município de Itapipoca. As comunidades integram o Projeto Juventude Comunica Direitos apoiado pelo União Europeia e Manos Unidas.

 

A II Caravana Cultural e Agroecológica da Juventude Rural é também um momento de preparação para o IV Encontro Nacional de Agroecologia (ENA) que irá acontecer em Minas Gerais, no ano de 2018. A Caravana é uma realização do projeto Juventude Comunica Direitos, CETRA e Rede de Agricultores e Agricultoras Agroecológicos/as do Território Vales do Curu e Aracatiaçu; em parceria com a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) e Rede ATER Nordeste; com apoio da União Europeia, Manos Unidas, projeto Paulo Freire, IICA, FIDA, Governo do Estado do Ceará/SDA, Secretaria Epecial da Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário/Casa Civil, Governo Federal. 

 

Programação 

Sexta-feira, 27 de outubro | 18h

Mostra Fórum: Expressões Culturais das Juventudes do Campo.
- Boas Vindas da Comunidade 
- Lançamento da 4 ª exposição fotográfica - Mulheres do Semiárido - Afetos e Resistências.
- Apresentações Culturais

 

Sábado, 28 de outubro

7h - Café da manhã

8h - Acolhida

9h - Painel: Juventudes e o Campo como espaço do Bem Viver

10h30 - Construção do Mapa das expressões agroecológicas das Juventudes

13h - Grupos de Trabalho: Principais desafios das Juventudes na Agroecologia?

15h - Campanha Divisão Justa do Trabalho Doméstico

15h30 - Avaliação e Mística encerramento

 


projetos home pt

Políticas Públicas como D…

O projeto Políticas Públicas como Direito tem como principal objetivo promover processos de formação... Leia mais

Formação e Mobilização So…

- Cisternas de Placa   Construção de tecnologias sociais de acesso à água nos municípios... Leia mais

Juventude Comunica Direit…

O projeto Juventude Comunica os Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher tem... Leia mais